movimento_natura.blog

Archive for the ‘qualidade de vida’ Category

blog-action-day-2008.jpg

Hoje o tema é triste e muito preocupante. No intuito de participar da mobilização proposta pelo Blog Action Day 2008 e de juntar nossa voz à milhares de vozes no mundo todo no dia de hoje para discutir sobre a pobreza, tema deste ano, publico este texto aqui na esperança de sensibilizar nossos leitores.

A pobreza pode ser entendida como a carência extrema de recursos, bens e serviços essenciais para a nossa sobrevivência. Hoje, aproximadamente metade da população mundial vive em situação de pobreza. Todos os anos cerca de 50 mil pessoas por dia) morrem por razões relacionadas com a pobreza, sendo a maioria mulheres e crianças. Os números são alarmantes e na hora pergunta-se:

Quais são as causas primeiras da pobreza? O que está sendo feito para erradicá-la?

Mas as respostas não são simples…

A pobreza não resulta de uma única causa mas de um conjunto de fatores. A condição de pobreza também é geradora de outros dos principais problemas sócio-econômicos e por isso combater a pobreza é combater este conjunto de fatores de forma coordenada. Em 2000, a ONU – Organização das Nações Unidas, ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu 8 Objetivos do Milênio que são 8 Jeitos de Mudar o Mundo. Divulgo estes objetivos abaixo pois acredito muito que na busca por alcançá-los, poderemos melhorar a pobreza e as condições de vida das pessoas no mundo.

8jeitos.jpg

8odm.jpg

Uma das metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) é diminuir em 50% o índice de pobreza no mundo até o ano de 2015. Infelizmente, de 2000 para cá muita coisa mudou, e problemas graves como a crise alimentar e as mudanças climáticas vieram para ameaçar o êxito no cumprimento dos ODMs, segundo Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU.

A apresentação de novas iniciativas são essenciais e a intervenção governamental é decisiva para os resultados esperados. Mas você também pode fazer a sua parte. Veja quais são as medidas para melhorar o ambiente social e a situação dos pobres:

1) Habitação econômica e regeneração urbana.
2) Educação acessível.
3) Cuidados de saúde acessíveis.
4) Ajuda para encontrar emprego.
5) Subsidiar o emprego para grupos que normalmente tenham dificuldade em consegui-lo.
6) Encorajar a participação política e a colaboração comunitária. VOCÊ PODE!
7) Trabalho social e voluntário. VOCÊ PODE!

Até o momento, temos 12,413 Blogs particpantes, que juntos possuem 13,309,706 assinates de seus feeds. Dá para atingir muita gente…

No ano passado, primeiro ano do Blog Action Day, o tema foi Meio Ambiente, e os resultados foram expressivos. Queremos repetir a receita ano após ano, e fomentar a discussão sbre temas importantes, vistos por uma multiplicidade de ângulos que enriquecem a cadeia de informação e conhecimento que se forma com um simples ato individual. Para saber melhor como participar, dea uma olhadinha na prévia que eu dei lá no blogConsultoria.
Corre postar o seu, divulgar pra quem for, fazer a sua parte.
Ainda dá tempo!

Participe do Blog Action Day 2008!

Dia da Terra

Posted on: abril 22, 2008

Escrevo neste e em outro blog, e hoje tenho a missão de postar sobre o mesmo assunto nos dois, que obviamente possuem públicos diferentes. Geralmente quando isso acontece, faço dois textos distintos, mas hoje, por falta de tempo e excesso de cansaço, parti para o bom, simples e prático. O post publicado no BlogConsultoria, vou replicar aqui. Se não, tenho certeza que vocês passarão a duvidar de alguém ‘trapo’ como eu, que passa 18 hs/dia em frente ao computador, escrevendo sobre qualidde de vida. Bom, tem videozinhos a mais, pra não dizer que é 100% réplica 🙂

________________________________________________________________
Hoje, dia 22 de abril é o Dia da Terra, que diga-se de passagem, deveria ser lembrado todos os dias. Afinal, ela nos abriga, nos alimenta, além de nos oferecer recursos essenciais para a nossa sobrevivência. Mas a nossa relação com a Terra está um tanto desequilibrada, porque recebemos dela muitos benefícios, mas em troca exploramos demasiadamente seus recursos naturais, geramos muito lixo, poluímos sem qualquer controle e vivemos em uma cultura de excessos e desperdícios.

O Dia da Terra foi instituído em 1970, por um senador norte-americano em protesto contra a poluição, e a partir de 1990, passou a ser celebrado mundialmente. De lá para cá, a situação só piorou, aumentando cada vez mais o desequilíbrio da relação homem x Terra. Parece que ninguém se lembra que uma vez os recursos esgotados, não temos como repô-los. Já pensou o que pode acontecer às gerações futuras? Nosos filhos, netos e bisnetos?
Sim, há muito o que ser feito pelos governantes e empresas, a consciência deve ser global, mas devemos agir localmente, começando por nossas casas.

O que podemos fazer?
Lembra do conceito dos 3 Rs? Isso mesmo, mantenha ele sempre em mente, pois ele pode ser aplicado para todas as nossas atitudes e escolhas do dia-a-dia. Outras dicas importantes são:

CONSUMO CONSCIENTE:
Dê preferência a produtos com menos embalagens e de empresas que possuam responsabilidade sócio-ambiental. Use a sua criatividade para comprar cada vez menos, reutilizando o que você já possui.

REDUZA SUA EMISSÃO DE POLUENTES
Faça uso de transportes alternativos ou públicos sempre que possível, substituindo o carro. Procure conhecer o destino do seu lixo, devidamente separado, encaminhando-o à cooperativas de reciclagem. Use sacolas retornáveis e cuidado especial com o descarte do óleo de cozinha, pilhas e qualquer produto eletrônico, como por exemplo celulares, computadores e seus componentes.

NÃO DESPERDICE OS RECURSOS NATURAIS
De olho em tudo que gasta energia à toa, como carregadores e aparelhos eletro-eletrônicos em “stand-by” que ficam ligados direto na tomada, “roubando” energia enquanto não estam em uso, e utilize a água com inteligência. Lembre-se por exemplo que dá para escovar os dentes com um copo d’água sem ter que deixar a torneira aberta e nada de banhos longos. Eu me ensabôo com o chuveiro desligado já faz algum tempo!

Pode ter certeza que a mudança dos seus hábitos cotidianos fazem muita diferença, mesmo ao final de apenas um mês. Imagine então ao longo de um ano…
Não esqueça também de levar a consciência ambiental para a sua comunidade, amigos e familiares, informando-os e dando o seu exemplo.

A Terra agradece!

Este artigo faz parte da blogagem coletiva pelo Dia da Terra, uma iniciativa do Faça A Sua Parte.

Acabei de ficar sabendo que hoje, às 11h, em frente ao MASP em São Paulo, foi feita uma réplica do movimento Free Hugs, iniciado na Austrália em 2004 por um encantado cidadão chamado Juan Mann. Juan saiu às ruas com um cartaz escrito “free hugs” (abraços grátis em inglês) e de braços abertos para todos aqueles se que dispunham em parar por 1 minuto de suas vidas corridas e abraçá-lo. A campanha de Juan tornou-se um sucesso, muito provavelmente porque de certa forma, as pessoas acabam reconhecendo a falta de contato humano no nosso dia-a-dia, onde um simples abraço ou um sorriso podem fazer uma grande diferença.

A versão brasileira do movimento planeja outras datas para sair às ruas e clama por adeptos para que se torne um site oficial no Brasil.
O importante é não se esquecer do objetivo principal: fazer os nossos dias mais humanos e com mais solidariedade.
Videozinho oficial da campanhas ajuda (e muito) na inspiração 🙂

Tags:

Queria ter avisado antes aqui, mas não consegui: hoje tem blogagem coletiva pelo Dia Mundial da Água, iniciativa do Faça a sua Parte e, e esta postagem faz parte do movimento, que tomara, ganhe força e voz também através dos blogs.

Instituído pela ONU em 1992, o Dia Mundial da Água visa chamar atenção para esta questão e buscar soluções para o problema. O tema para o ano de 2008 é o Saneamento Básico, um problema que atinge 2,6 bilhões de pessoas no mundo e afeta diretamente a saúde da água. e consequentemente, das pessoas.

Então vamos tratar de sair do básico, pois todo mundo fala sobre a possível falta de água no futuro, enquanto 1,5 bilhão de pessoas no mundo já não têm acesso à água tratada. De acordo com o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, uma criança morre a cada 20 segundos por condições inadequadas de saneamento.
É só dar uma circulada pela web para achar alguns números que assustam.

A impressão que temos de que existe água em abundância no planeta talvez seja a maior armadilha para prosseguirmos com a cultura dominante de que a água é um recurso ilimitado. Não é: de toda a água existente no planeta, apenas 0,007% é própria para o consumo industrial, agrícola e doméstico.
Esse número assusta mais ainda ao saber que desses 0,007% de água potável disponível, boa parte está sendo contaminada por resíduos puluentes diversos e principalmente por esgoto. Sobra pouca água limpa para abastecer igualmente a população mundial que atinge a marca de 6 bilhões de habitantes.

Aumento do Consumo
O desperdício, a poluição e pricipalmente o aumento exponencial da população mundial, estimada em 8 bilhões de habitantes para o ano de 2025, são os fatores críticos que elevam ano a ano o consumo de água e faz dela o recurso natural mais estratégico de qualquer país do mundo.
De acordo com a ONU, o uso da água triplicou de 1950 para cá. Para o futuro, estima-se que nos próximos 20 anos o homem vai usar 40% a mais de água do que usa agora.
O que pouca gente se dá conta é de que os problemas relacionados à água estão mais ligados a má administração do recurso do que propriamente da escassez natural.

Água suja
O Brasil está em vantagem, detndo 11,6% do total de água doce do planeta e 53% do total da América do Sul. No entanto, além do volume de água estar muito mal distribuído no país, ainda sofremos com o disperdício doméstico e agrícola (que possui um grande potencial de redução) e pricipalmente com a falta de infra-estrutura de saneamento básico, já que hoje vergonhosos 90% do esgoto produzido no país é despejado em rios, lagos e mares sem nenhum tratamento.
Segundo a Organização das Nações Unidas – ONU, 50% da taxa de doenças e morte nos países em desenvolvimento ocorrem por falta de água ou pela sua contaminação.

O que você pode fazer à respeito

  1. REDUZIR/ECONOMIZAR
  2. Fazer sua parte em NÃO POLUIR e DENUNCIAR quem polui
  3. CONSCIENTIZAR as pessoas na sua comunidade e dar o EXEMPLO

Tem muita coisa que pode ser feita dentro dos nossos hábitos diários de consumo de água:

dicas básicas e pra lá de conhecidas no Planeta Sustentável;
– um fórum riquíssimo de informações sobre o reuso da água no Instituto Akatu;
– um site totalmente dedicado ao Saneamento Básico para se informar e poder atuar com cidadania cobrando maiores investimentos de infra-estrutura pelo governo;

Lembre-se que a água possui um ciclo de vida, e o volume total da água na Terra mantém-se constante, variando ao longo do tempo a sua distribuição por fases. Se dividirmos a quantidade de água potável pelo número de pessoas existentes no mundo, daria somente 2 litros para cada pessoa por toda a vida.

Pedimos reflexão e ação!

FELIZ 2008!

Posted on: janeiro 3, 2008

Ahhh este ano de 2007… foi tão bom, mas tão bom para mim que só posso esperar que os próximos anos sejam ainda melhores! É nesse espírito que inicio 2008, e distribuo cada pedacinho deste otimismo com quem quiser, quem vier.

Voltando um pouco para 2007, foi um ano de muito amadurecimento, equilíbrio, auto-cochecimento, de MUITO trabalho, pouca diversão e pouco descanso. Mesmo assim foi um ano bem prazeroso, pois trouxe muita realização pessoal. Pretendo continuar neste caminho em 2008, cuidando um pouco mais da saúde, da alimentação e do descanso e relaxamento, pois mais trabalho ainda vem pela frente, e sei que esta não será uma fase onde sobrará muito tempo para o lazer.

Este blog foi uma das fontes de alegrias em 2007 e fiz um exercício diário (acreditem) para mantê-lo atualizado, mas acho que acabou ficando só na tentativa 😦 Um dos meus desafios será melhorar isso, e escrever mais.

Escolhi uma trilha sonora-visual para este meu post de Ano Novo, nenhum motivo muito especial, apenas porque este DVD do Gotan Project fez parte do meu ano, e é intenso, lindo e profundo o suficiente para mexer com as nossas emoções.

FELIZ ANO NOVO PARA TODOS!

Este final de semana conheci uma bebê linda, Ana Clara, que nasceu dia 13/09/2007, filha de Áurea, uma pessoa maravilhosa que é parte ativa da nossa vida aqui em casa e que amamos muito. Logo logo vou arrumar uma fotinho dela pra colocar aqui, mas prometi este post para a Áurea, sobre a massagem Shantala, maravilhosa…

As boas-vindas a qualquer bebê começa ainda na gravidez, e posso dizer que esta mulher é uma guerreira, trabalhou até o dia anterior ao parto. Subia e descia escadas vigorosamente, não teve vontades extravagantes e sequer enjoôu. Admirável… Nunca fiquei grávida, mas entendo que isso deve variar muito de mulher pra mulher, mas depois que acompanhei dia-a-dia a gravidez da Áurea, vi o quanto é importante se manter ativa e encarar este estado como um estado especial sim, mas extrememente natural, sem melindres. Ana Clara vai ser descolada como a mãe! Seja bem-vinda Aninha… venha nos ensinar um pouquinho da pureza de criança!!!

Shantala:
massagem gostosa e especial só para bebês.

Tocar a pele macia, fazer um carinho, dar um beijo. O toque é essencial na interação entre os pais e o bebê. Após o nascimento, o toque, por meio do abraço, do carinho, do beijo e da massagem, tem grande poder de fortalecer o vínculo. Bebês massageados dormem melhor, ganham mais peso, choram menos, ficam mais ativos e alertas e tornam-se mais conscientes sobre o que os rodeia.

Este método foi inspirado no livro Shantala, do obstetra francês Dr. Frederick Leboyer, que deu esse nome em homenagem à mulher que o encantou com a força e a beleza de um momento de amor e troca entre mamãe e bebê.
O objetivo maior dessa massagem milenar indiana é o de ampliar os momentos de contato com mãe e filho e fortalecer o vínculo entre eles, portanto, não existe motivo para se preocupar demais com a técnica.

Cada bebê é um indivíduo e seu sinal de satisfação é o melhor indício para saber se os movimentos estão adequados. Quanto às mães, apenas faça a massagem no bebê somente se estiver se sentindo tranqüila e relaxada
A massagem Shantala têm um método para a gestante e outra para o bebê.
A descrição de ambas as técnicas encontra-se no site do Programa de Relacionamento Mamãe e Bebê.

Hmmmmm, achei uma receitinha com cupuaçu que parece ser maravilhosa: TORTA DE CUPUAÇU COM MERENGUE.

Por aqui em São Paulo não é em qualquer lugar que se acha cupuaçu pra comprar e costuma ser meio carinho…
Mas olha a cara dessa torta… não vai dar pra resistir!

Acesse a receita no meu livro de receitas

Para uma alimentação saudável, nada melhor que uma boa salada. Além dos ingredientes vindos da terra, como legumes e verduras, incremente o prato com molhos e temperos diversos. Conheça duas receitas de Tânia Costa dos Santos, especialista em comida natural e cozinheira da pousada A Rosa e o Rei, de São Francisco Xavier, interior de São Paulo.

MOLHO DE IOGURTE
Misture um pote de iogurte natural, alcaparras e o suco de 1 limão pequeno com sal e salsinha a gosto. Sirva a seguir.

MOLHO DE GENGIBRE
Misture um pedaço de gengibre ralado com um pouco de açafrão e misture com o suco de 1 limão.
Esse molho aquece o aparelho digestivo, o que ajuda na digestão, e pode ser usado tanto na salada quanto no arroz.

Já ouviu falar em higienismo? Ok… você vai dizer que é mais uma dessas dietas alternativas bla bla bla… mas o higienismo, mais que uma dieta é um estilo de vida, que se baseia nas leis naturais e nos processos químicos e físicos do corpo humano, afim de manter o metabolismo funcionando redondinho, aumentando a saúde e a vitalidade.

Achei a alimentação higienista um pouco difícil de seguir, apenas porque a maioria dos alimentos devem ser ingeridos crus, em contra partida, não existe restrições de nenhuma classe alimentar, apenas quando se trata da combinação delas em uma mesma refeição.

Vale a pena saber mais.

Selecionei 4 receitas coloridas e alegres para este carnaval. Temos 1 canapé de entrada, 1 receita de patê, 1 suco super saudável e 1 coquetel sem álcool. Porque é carnaval, mas não podemos deixar a saúde e a boa forma de lado, certo?

clique no título da receita para acessá-la.
para ver mais receitas selecionadas por mim, acesse meu
livro de receitas
.

Caponata na Torrada

Tipo de Culinária: Itália
Categoria: lanches e festas
Subcategorias: Acepipes & Aperitivos

Rendimento: 12 porções


Patê de Azeitonas

Tipo de Culinária: Outros
Categoria: lanches e festas
Subcategorias:
Pastas & Patês

Rendimento: 1 porção

Suco de Clorofila com Maçã

Tipo de Culinária: Outros
Categoria: Bebidas
Subcategorias: Sucos e refrescos

Rendimento: 1 porção


Frapê de Caju

Tipo de Culinária: Culinária Popular
Categoria: Bebidas
Subcategorias: Sucos/ refrescos e frapês
Rendimento: 2 porções

POR MICHELE DO PRADO

>> ENQUETE: O que lhe traz equilíbrio? clique aqui para responder.

Embora tenhamos uma idéia formada do que é o equilíbrio, assim como de outras palavras facilmente reconhecíveis à nossa língua e cotidiano, cada pessoa possui o seu próprio conceito particular das coisas. Ou melhor, cada palavra, objeto ou imagem, vibra em cada um de nós de uma maneira bem pessoal. Isso porque carregamos em nosso inconsciente uma memória celular, fetal, genética que faz com que reajamos às palavras, pessoas, situações, sentimentos, acontecimentos e a tudo apenas sob o ponto de vista de nossos condicionamentos, da nossa história, do nosso passado. E é bem importante que tenhamos bem claro isso em mente que tudo que nos acontece hoje é resultado de nossas crenças do passado, impostas por vozes internas que não são nossas muitas vezes.
Mas então o que vem a ser equilíbrio afinal? O que pode nos desequilibrar? E o mais importante: qual é o Tao (caminho) do equilíbrio?

Segundo os dicionários de nossa língua, a palavra ‘equilíbrio’ possui algumas das seguintes definições:

  1. Fís. Estado de um sistema que é invariável com o tempo.
  2. Manutenção de um corpo na sua posição ou postura normal, sem oscilações ou desvios.
  3. Igualdade, absoluta ou aproximada, entre forças opostas.
  4. Fig. Boa proporção; harmonia.
  5. Fig. Estabilidade mental e emocional.
  6. Fig. Moderação, prudência, comedimento, autocontrole.
  7. Fig. Estado inalterável.
  8. Fisiol. Função que assegura a projeção do centro de gravidade do corpo humano no interior do polígono de sustentação, tanto em condições estáticas quanto dinâmicas.

Shiva na sua versão Nataraja (o deus dos dançarinos): numa posição de equilíbrio, simbolizando a força e sabedoria que obtemos quando matamos o monstro da ignorância e afastamos o medo.

Já o desequilíbrio, numa definição simples, é o oposto de todas as definições sobre o equilíbrio. E é bem mais fácil nos pegarmos em desequilíbrio do que em equilíbrio ao longo da vida. A resposta para isso é porque muitos de nós temos nos descuidado e aí damos a deixa para que o desequilíbrio se instale e tome conta de nossa existência. E você sabe como ele se manifesta? Simples: fazendo com que tenhamos stress, fiquemos doentes, vivenciemos conflitos internos e externos, tenhamos acidentes. Ahã, isso mesmo.

Mas calma, relaxe, está tudo bem. Tudo isso acontece porque de uma forma ou de outra o nosso inconsciente tem de nos avisar que estamos no caminho errado, que precisamos acordar para o belo e o bom da vida e entender que mente, emoções e corpo têm de ser entendidos como o todo integrado de nosso organismo e não como partes isoladas do seu ser. Mente, emoções e corpo trabalham de forma integrada o tempo todo, e, se uma delas não vai bem, compromete o bom andamento das outras. È assim que funciona sempre. Esta é a lei da atração: semelhante atrai semelhante. Se você estiver em desequilíbrio, vivenciando pensamentos e emoções ruins sem estabilidade emocional e mental, você criará como conseqüência situações negativas e desagradáveis para sua vida, para o seu físico, ou seja, aquilo que você justamente não quer. Porque sua energia vibracional ruim atrai o que é ruim.

Uma vez um sábio homem, que conhecemos como Buddha, disse:

“ Tudo o que somos é resultado do que pensamos.”

Tendo conhecimento de tudo isso fica fácil sabermos como chegar ao caminho (Tao) do equilíbrio, apontando para ele e buscando percorrê-lo de uma maneira agradável. Adquirindo coragem de enfrentar a nós mesmos, nosso ego, nossas resistências, nosso apego a padrões de pensamentos e emoções ultrapassados e nocivos a nossa saúde. Precisamos largar mão de insistir em ficar em nossa zona de conforto, vivendo do passado que não permite que o nosso presente seja como um presente como o próprio nome já diz.
Assim, nos libertando de nossas resistências, que se traduzem em justificativas que damos a nós mesmos evitando a mudança, estaremos focando no que queremos, ao invés de falar, atrair e viver justamente o que não queremos.

Muitas vezes não é fácil fazer essa lição de casa sozinho, sendo recomendável procurar a ajuda de um terapeuta profissional para nos ajudar a traçar o caminho rumo ao equilíbrio. As opções em estudos e terapias alternativas são ínfimos e os caminhos também são dos mais variados para alcançá-lo, veja alguns exemplos:

  • Yoga, agregando às aulas práticas os preceitos éticos do yoga, que promovem plenitude (estado meditativo), fazendo você se sentir uma pessoa mais completa, feliz e conectada com a sua própria natureza;
  • Linguagem do Corpo, que mostrará o que há por de trás de suas características físicas, quais são as doenças que você atrai e porquê, levando ao entendimento das soluções para ser uma pessoa mais feliz e saudável;
  • PNL(Programação Neurolinguística);
  • EFT (Emotional Freedom Technique – Técnica de Libertação Emocional);
  • Astrologia, que através dos mapas astrais, indicam o que faz de você uma pessoa em mais harmonia consigo mesmo e seu meio ambiente.

Entenda que o melhor caminho é aquele que faz de você uma pessoa melhor e feliz, que te dê de presente o encontro consigo mesmo e que funcione como um pacto seu com você mesmo, no sentido de selar para o universo que hoje e sempre, nada e nem ninguém é capaz de tirar de ti e de seu coração o prazer de viver a vida, respirando a vida sem culpa, medo, frustração, raiva e todas as outras emoções ruins, apenas preservando a alegria de viver a vida com amor, compaixão, esperança, sorriso estampado na cara, enfim, o contentamento – santosha, um dos preceitos éticos do yoga.
Faça todos os dias com você mesmo pactos de bom humor, de vivenciar e deixar-se alimentar apenas com aquilo que for bom e belo. Alimente todos os seus sentidos apenas com o que há de melhor nessa vida, viva o santosha na sua essência.
Antes de tomar uma decisão, de executar uma escolha pergunte ao seu coração se você deve seguir adiante. Se ele lhe enviar sinais de conforto, é porque este é o caminho certo a seguir, caso contrário por favor se desapegue e não vá adiante.

O essencial é mesmo invisível aos olhos” , já dizia Saint Exupéry em seu livro o Pequeno Príncipe.

Fica então minha mensagem final de carinho a todos:

“Qualquer caminho é apenas um caminho e não constitui insulto algum – para si mesmo ou para os outros – abandoná-lo quando assim ordena o seu coração. (…) Olhe cada caminho com cuidado e atenção. Tente-o tantas vezes quantas julgar necessárias… Então, faça a si mesmo e apenas a si mesmo uma pergunta: possui esse caminho um coração? Em caso afirmativo, o caminho é bom. Caso contrário, esse caminho não possui importância alguma.” – Carlos Castañeda, em Os Ensinamentos de Don Juan.

Namastê!*
Michele do Prado estuda filosofia oriental há 17 anos e leciona Yoga há seis. Também colabora no Respireyoga como professora, palestrante e consultora.

yogamichele.do.prado@gmail.com
www.respireyoga.com.br

______________________________________________________

* Namasté: palavra de origem indiana, é um cumprimento e significa: o que há de mais sagrado em mim( meu Deus interno) cumprimenta o que há de mais sagrado em você(seu Deus interno).

>> ENQUETE: O que lhe traz equilíbrio? RESPONDER

Fresca para o verão, a água aromatizada tem suave sabor e cumpre o objetivo de hidratar.
Deliciosa e não calórica, traz um prazer especial no hábito de beber água e é ideal para manter aquela dietinha saudável. Pode ser feita com diversos ingredientes, como casca de frutas e especiarias, o que vale é usar a criatividade.

INGREDIENTES

  • 1 jarro de vidro
  • 1 litro de água
  • 1 casca de limão cortada em espiral
  • 1 casca de laranja cortada em espiral
  • 1 gomo de limão
  • 1 gomo de laranja
  • 1 punhado de cravo da índia

MODO DE FAZER
Misturar todos os ingredientes à água e manter no jarro de vidro na geladeira por 1 hora.

Retire os ingredientes da água ou não, conforme sua preferência.

A VIDA É BELA

“Apaixonado pelo ser humano e por sua capacidade infinita de gerar instrumentos para construir a felicidade, inclusive através da cosmética, Luiz Seabra, o fundador da Natura, revela como vê o mundo e a beleza, que, para ele, não é só aspiração do corpo, mas do espírito. _POR PAULO LIMA

Revista Natura: Gostaria que você falasse sobre prazer no trabalho. A relação entre satisfação, diversão e êxito. Essas coisas caminham juntas?
Luiz Seabra
: Nem sempre elas estão juntas. Durante um bom tempo em minha vida (comecei a trabalhar aos 15 anos), o trabalho não me proporcionava prazer não… Freqüentemente era um sacrifício, lembrando um pouco a origem latina da palavra tripallium, que era um instrumento de tortura da Idade Média… Em geral, o ambiente profissional era tenso, muito competitivo, às vezes, pouco humano, quase cruel. Além disso, eu morava muito distante dos locais de trabalho, estudava à noite, o transporte público já era muito ruim… No entanto, as condições adversas não me impediram de construir uma carreira vitoriosa até meus 25 anos, quando, deixando uma empresa multinacional, fui trabalhar em um pequeno laboratório de cosméticos…

RN: Aí a coisa mudou?
LS:
Começou a mudar, sim. Embora formalmente meu emprego tivesse menor expressão que o anterior, foi naquela pequena empresa que eu comecei a viver uma profunda transformação, na cabeça e no coração, a partir de algo totalmente inesperado: apaixonei-me pela cosmética. Digo inesperado porque minha função era de Gerente Administrativo da empresa. No entanto, pouco a pouco, lidando com fórmulas, fornecedores, matérias-primas, fui me enevolvendo com aquele universo, avaliando todo o mercado e acreditando perceber a possibilidade de uma nova linguagem. Chegou assim, de mansinho, sem avisar, uma mudança em meu olhar, em meus sentimentos que trouxeram um prazer inesgotável para o meu trabalho… Mesmo trabalhando duro, desde então, sempre trabalhei com muito prazer. E, sempre que possível, me divertindo.

RN: Falando um pouco do universo da beleza e da cosmética… parece que hoje há quase uma doença coletiva. As pessoas imaginam depender, exclusivamente, da aparência para obter algum grau de felicidade. Queria, então, saber sua opinião sobre essa exacerbação da vaidade, quase um problema de saúde pública.
LS:
Há, sim, muita gente infeliz, em uma busca insaciável para corresponder a certos padrões de beleza. As mulheres são particularmente pressionadas para que correspondam às noções estereotipadas de beleza impostas por instrumentos poderosos, como a mídia. Essa busca afasta a mente da pessoa do próprio corpo, buscando uma imagem inalcançável de si mesma. Isso acaba por se transformar em um demolidor da auto-estima. E sem auto-estima, sem um “se gostar”, há um esvaziamento da vida, um desamor que afasta o amor. Acredito que uma das razões para esse estado de coisas, para o narcisismo que freqüentemente ilha as pessoas, é a falta de uma vida espiritual realmente rica. Isso não

“Precisamos de música, de poesia, de múltiplas expressões da arte, tanto quanto de nossos potes de cremes, nossos shampoos e batons.”

torna a busca da beleza menos importante. Pelo contrário. Acredito que essa busca é fundamental e não deve se restringir ao corpo. Devemos, sim, buscar todos os recursos ao nosso alcance para cultivar a beleza em nossa vida como um todo, incluindo nossa alma. A partir de uma maior intimidade com o nosso corpo, buscando sua saúde e bem-estar – sua melhor forma, dentro de nossas características. Ao mesmo tempo, buscando tudo o que Continue lendo »

Ano novo é olhar novo. Porque o dia-a-dia continuará cheio dos elementos da vida, mas nós podemos mudar a forma como olhá-lhos . Neste Ano Novo vamos sorrir, ficar tristes, mudar, recomeçar, concluir, relaxar, chorar, amar…
Ano novo, vida… de sempre! Porém, Ano novo, olhar novo. Adorei isso.
Recebi um texto de amiga muito querida, falava disso.
Me inspirei e decidi tentar enxergar as coisas com um tom diferente no olhar, as minhas e as que me cercam, pensando no todo e no efeito de ação e reação. Quis começar este blog sem saber muito se ele vai pra frente, ou onde é que ele vai parar…
Quero compartilhar e disseminar as coisas boas que têm chegado à atenção dos meus ohos e ouvidos, e organizá-las de forma a nunca caírem no esquecimento, já que a capacidade do meu HD nem ao menos tenta ser suficiente na tarefa de armazenar tamanha quantidade de informação dentro deste cérebro. A informação mastigada e digerida, aquela que é absorvida por osmose sem perceber, e aquela que chega, te atropela e muda tudo.

O HD está lotado. Recorrerei aos recursos mais modernos de armazenamento virtual.

Seja muito bem vindo, 2007. Para mudar o olhar, para de novo amar, para fazer novos amigos, para se desfazer de outros nem tanto, para cultivar rotinas, para começar o novo, para terminar o começado, pra renovar o antigo, para amudurecer o valioso.
Viver com sabedoria, renovando o olhar sempre.
Hoje, com este novo olhar, achei que este vídeo estava de acordo com o meu estado de espírito. Melhor ainda se estiver de acordo com o seu também… e não se esqueça de usar filtro solar!


este blog está abandonado por conta do intenso trabalho em meus outros blogs:

www.blogconsultoria.natura.net

www.eupossocuidardemim.com.br


blog stats

  • 333.541 acessos

aqui, acolá

RSS feed dos posts meu Technorati profile del.icio.us bookmarks
View Luciana Soldi Bullara's profile on LinkedIn

movimentos…

Add to Technorati Favorites Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

del.icio.us

na gaveta

flickr photos


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031