movimento_natura.blog

Archive for the ‘celebração’ Category


Ilustração: Gustavo Duarte

Minha cidade do coração fez 454 anos no dia 25 de janeiro. Estou alguns dias atrasada, mas não poderia deixar passar esta data em branco. Aí, fiquei pensando em quê escrever, tentar pelo menos resumir o que a cidade representa [pra mim…]. Nossa, que difícil… não dá pra resumir São Paulo! É uma cidade muito plural, muitos mundos dentro de muitos outros mundos… rende um texto enorme, ou vários textos totalmente diferentes uns dos outros.

Deram esta mesma tarefa ao meu admirável colega de profissão Washington Olivetto. Adorei tanto o texto dele na Veja São Paulo que só de ler já me satisfez a vontade de escrever sobre Sampa. Adoro dar aquela passadinha no feed do blog dele, o cara é mesmo brilhante…só podia ser corinthiano! 🙂

Leia o texto “São Paulo, gente boa”

Anúncios

retomando

Posted on: setembro 1, 2007

Tenho um monte de novidades pra contar e muitos textos em rascunho e assuntos em mente para escrever aqui. Aliás tenho uma novidade especial, mas vou esperar mais um pouco para escrever sobre ela. O fato é que faz tanto tempo que não escrevo neste blog que estou até sem graça. Não gosto de dizer que estou sem tempo, apesar de ser essa a sensação. Tempo todo mundo tem, por igual. Ninguém tem mais nem menos que 24 horas por dia. A diferença é o que cada um faz do seu tempo.

O importante é que estou retomando a produção de conteúdo para este blog (ou pelo menos tentando) porque ele ganhou uma real importância para o meu trabalho e minha vida – e vocês vão entender o porque nos próximos posts. Então mãos à obra! Antes de contar a novidade especial, vou falar um poucos de coisas que já estavam em pauta na minha mente florida 🙂

Pretendo marcar este momento como o início de uma nova fase deste blog, da minha vida e trabalho. Para isso, quis escolher estas duas fotos, uma das mais lindas que já tirei, numa praia do litoral norte de São Paulo chamada Camburi. Esta indiscutivelmente foi uma das cenas mais lindas que presenciei… de uma intensidade tal, que me senti abençoada apenas por estar lá e ver este pôr-do-sol do início ao fim.

Enjoy!

 


 


O ritmo frenético do nosso cotIdiano muitas vezes nos impede de olhar a vida com mais atenção e celebrá-la nas pequenas situações. Mudar essa rotina depende de cada um e é mais fácil do que parece
>> ENQUETE: Como você celebra a vida no dia-a-dia? clique aqui para responder.

Tem um antigo ditado popular que diz que não devemos deixar para amanhã aquilo que podemos fazer hoje. Sábio conselho, pois é no presente que devemos saborear e aproveitar o privilégio de estarmos vivos. Não adianta adiar para amanhã , ou se conformar com lembranças de ontem. É aqui e agora que a vida se mostra mais vibrante e colorida, mesmo que o dia esteja nublado, que o trânsito esteja caótico, que o orçamento ande apertado ou que uma dor insista em aparecer. Por mais contraditório que pareça, os desgastes e problemas do dia-a-dia nos ensinam a valorizar as pequenas alegrias e a beleza das coisas simples. Basta prestar atenção e respirar fundo para ver que sempre há motivos para celebrar. É só olhar em volta e ver que a vida se mostra ainda mais bonita nas pequenas coisas e nos menores gestos. O prazer de estar vivo deve ser celebrado todos os dias, sem adiamento.


Crédito: foto “Irreplaceable Love” de Phooey69, Austrália

O tempo parece estar passando cada vez mais rápido. As pessoas andam pelas ruas, dentro de seus carros, absortas em suas preocupações e nem se quer percebem o mundo ao seu redor. Não notam aquela árvore que agora flore a formar cachos de flor, as mudanças na vizinhança, os pássaros que agora na primavera cantam com mais alegria.
A pressão de nossa rotina do dia-a-dia nos faz esquecer dos detalhes e as coisas simples da vida, que podem transformar cada minuto em uma celebração, apesar das dificuldades do cotidiano.
Devemos estar atentos à nossa capacidade de observar e valorizar os pequenos acontecimentos, porque neles moram minutos prazerosos que fazem os ponteiros deste relógio frenético ficarem mais lentos.

Já parou para pensar em algumas coisas muito simples e muito apreciadas pela maioria das pessoas? Costumo dizer que as melhores coisas da vida são de graça: a brisa fresca da tarde batendo no rosto, um pôr-do-sol espetacular, uma visita surpresa de um amigo, o barulho do mar, pisar na areia fresca da praia, um sorriso inesperado…
O mundo moderno, por valorizar demais as coisas materiais, acaba por nos afastar desta prática tão simples de celebrar a vida nos seus mínimos detalhes. Devemos então resgatar a valorização de cada momento, fazendo o que amamos e o que nos faz sentir vivos de verdade.

>> ENQUETE: Como você celebra a vida no dia-a-dia? RESPONDER


este blog está abandonado por conta do intenso trabalho em meus outros blogs:

www.blogconsultoria.natura.net

www.eupossocuidardemim.com.br


blog stats

  • 330,477 acessos

aqui, acolá

RSS feed dos posts meu Technorati profile del.icio.us bookmarks
View Luciana Soldi Bullara's profile on LinkedIn

movimentos…

Add to Technorati Favorites Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

del.icio.us

na gaveta

flickr photos


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
outubro 2017
S T Q Q S S D
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031